A cultura influencia o marketing?

Sabia que Portugal tem um dos índices mais elevados do mundo quanto à "aversão à incerteza"? Sabe o que isso pode influenciar nos nossos comportamentos como cidadãos e consumidores?


Compreender as especificidades culturais é importante para adaptar estratégias de marketing para alcançar clientes em diferentes contextos e ter conhecimento dos elementos que afetam a cultura é fundamental para uma estratégia de marketing sustentável.



QUERO SABER MAIS SOBRE O TEMA

LER MAIS

O QUE É A CULTURA?

Conhecimento, crenças, valores,

moralidade, habilidades e hábitos.

MODELO DE

HOFSTEDE

COMO DESENVOLVER UMA ESTRATÉGIA DE MARKETING GLOBAL

artes, leis,

costumes,

O QUE É CULTURA?

A Cultura tem sido definida de diferentes maneiras ao longo dos anos, porém a maioria dos autores concorda que é a ligação entre os indivíduos e a sociedade, abrangendo um conjunto de soluções para problemas comuns, que se tornam regras de comportamento.


Mitos, crenças e pressupostos básicos são os comportamentos mais implícitos, seguido de estados e processos mentais cognitivas (perceção, aprendizagem, memória e afeto). Os valores descrevem comportamentos desejáveis ou propósitos de vida que orientam comportamentos e avaliação de situações e são mais explícitos, tal como são as normas sociais (o que fazer e não fazer).

Instituições (família, educação, empresas, governo, religião e justiça) são um reflexo das normas e valores sociais e aplicam ou ensinam-nos o comportamento diário (hábitos e tradições em todas as áreas da atividade humana).

A cultura (e sua diversidade) reflete-se no conhecimento, crenças, valores, artes, leis, costumes, moralidade, habilidades e hábitos e conduz a comportamentos implícitos e explícitos.

Geert Hofstede é possivelmente o cientista mais “famoso” associado à cultura.

É psicólogo e no seu trabalho, ao longo de várias décadas, desenvolveu o modelo de Cultura Nacional, que permite a comparação de profissionais com base em seis variáveis culturais.

MODELO DE HOFSTEDE

Distância de poder

O Índice de Distância do Poder descreve como os membros menos poderosos de uma sociedade aceitam e esperam certa desigualdade de poder. Os membros de sociedades com alto índice de distância do poder tendem a não questionar aqueles que estão em níveis mais altos de poder. Além disso, eles esperam que os membros mais poderosos lhes sirvam de guias para seu trabalho. O PDI é tipicamente mais elevado nas sociedades da Ásia, Europa Oriental, América Latina e África

Individualismo vs Colectivismo

Em uma sociedade individualista, os membros tendem a tomar decisões de forma independente e se preocupam consigo e com seus familiares mais próximos.

Algumas culturas nacionais individualistas são: os Estados Unidos, Austrália e Inglaterra.

Aversão à incerteza

O Índice de Aversão à Incerteza (UAI - sigla em Inglês) explica como os membros de uma sociedade se sentem ao lidar com situações desconhecidas. Em culturas com forte UAI, as pessoas tendem a evitar riscos e situações inesperadas. A situação desconhecida cria grande ansiedade e stress. Portugal (99%), Grécia (100%) e Rússia (95%) são países cujas culturas nacionais têm um UAI alto, onde há uma preferência elevada para o previsível ou situações controladas.

Masculinidade vs Feminilidade

Em sociedades com alta masculinidade, as pessoas são impulsionadas pela competição e pelos resultados. As pessoas tendem a serem assertivas e centradas no sucesso material.

Países com culturas nacionais de alta Masculinidade são: Japão, Venezuela, Itália, Irlanda e México.

Orientação em longo prazo vs em curto prazo

As sociedades com orientação em longo prazo incentivam as pessoas a investirem e serem económicos. Ser persistente e cauteloso tem suas recompensas. Os membros da sociedade têm funções diferentes, os mais velhos devem ser respeitados e as relações são valorizadas.

As sociedades com orientação de longo prazo também tendem a adaptar as tradições aos contextos modernos. Os países do Leste da Ásia, como a China, Coréia e Japão tendem a ter culturas nacionais orientadas em longo prazo.

Compare países nas 6 variáveis culturais de HOFSTEDE!

COMPARE OS PAÍSES

Este simulador além de fazer a comparação de profissionais com base em seis variáveis culturais também oferece importantes perspetivas sobre o desenvolvimento de estratégias internacionais e o alinhamento das culturas organizacionais com a cultura nacional, bem como o comportamento de compra para necessidades profissionais.

Para desenvolver uma estratégia de marketing global eficiente, deve considerar os seguintes elementos:

A escala de operações globais

Produção padronizada e flexível que leva à redução de custos.

O âmbito geográfico

Ambientes de consumo diferentes requerem uma atenção específica, o que contraria a necessidade de padronizar estratégias de marketing.

Segmentos de consumo mais relevantes

Nacionais ou transnacionais, baseados em diferenças culturais, sócio-demográficas e estilos de vida.

Produção

Escala

A rentabilidade pode ser obtida na produção, transporte e marketing.

Os resultados empíricos mostram que, até certo ponto, quanto maior for a produção de um certo produto, menores serão os custos.

Isso deve-se ao efeito da experiência, que resulta de aprender a fazer menos pausas entre produtos diferentes (ganhar tempo), avanços tecnológicos (que justificam os seus investimentos com a necessidade de melhorar um recurso altamente utilizado na produção) ou economias de escopo (produção de componentes que podem ser reutilizados noutros produtos, ou partilhar despesas gerais).

As diferenças culturais não devem separar-nos uns dos outros, mas a diversidade cultural traz uma força coletiva que pode beneficiar toda a humanidade.

Robert Alan

QUER CONHECER OUTRAS DICAS?

VISITE O PORTAL BUZZ MI

BUZZ MI!